Prefeito sofre derrota na Câmara de Acorizal e acende a luz de alerta



Prefeito sofre derrota na Câmara de Acorizal e acende a luz de alerta

 

O atual prefeito de Acorizal Clodoaldo Monteiro do PSDB sofreu mais uma derrota na Câmara Municipal de Acorizal, desta vez da legislatura atual 2017/2020 dos vereadores.

As primeiras derrotas foram na legislatura passada, no final do ano passado, após a eleição municipal, quando foram aprovadas as leis Contra o Nepotismo e o aumento da remuneração dos vereadores.

Desta vez, que ocorreu ontem à noite (24), na sessão ordinária da Câmara, foi à aprovação das Contas Anuais de Gestão, acompanhando o parecer técnico do TCE, do ex-prefeito Arcilio Jesus da Cruz, o Chindo. O Poder Executivo municipal utilizou de toda sua estrutura e força para reprovar as Contas do Chindo, inclusive com bombardeios de matérias lançadas em vários sites e redes sociais, tentando buscar respaldo da opinião pública e  desmerecer as posições dos vereadores.

O pleno do Tribunal de Contas do Estado deu parecer favorável a aprovação das Contas Anuais de Gestão do ex-prefeito Chindo referente 2016, mesmo assim o grupo situacionista trabalhou de toda forma para reprová-la.

Na certeza da vitória, pois considerava que tinha a maioria dos vereadores, o grupo da situação foi surpreendido quando o presidente da Câmara vereador Wellington Gusmão (PSDB) se absteve da votação e com isso ficou empatado em 4 votos a favor e 4 contra. Com esse resultado as contas Anuais de Gestão foram aprovadas e manteve o parecer técnico do TCE. Votaram pela reprovação das contas: Adão, Nice, Judiney e Bena. E pela aprovação: Rafael, Luiz Carlos, Sageia e Diego.


Data: 25/03/2017

Autor: Uembê